É difícil sobreviver e gerar ganhos em um entorno de crise generalizada para qualquer tipo de negócio, porém existem fatores chaves que não pode deixar de ter em conta, e são resumidos sob os cuidados de três pontos básicos: produto, preço e serviço.

Mesmo em recessão, o comerciante deve certificar-se de evoluir com as necessidades de mudança e os desejos de seus clientes.

Veja algumas dicas para manter e ainda aumentar suas vendas:

1. Foco na experiência do cliente. Filas longas, funcionários desinformados e apáticos podem assustar seus potenciais compradores.

2. Evite a loucura das promoções. Em vez disso, diferencie-se da concorrência e ofereça aos compradores valor no lugar de preço

3. A mercadoria armazenada é chave. Enquanto a variedade atrai compradores, a falta de espaço e desordem em uma loja pode repeli-los. Mesmo em recessão, consumidores com maior poder de compra ainda gastam em produtos de marca , por isso não é aconselhável correr para baixar os preços, isso pode diluir o valor na percepção da sua marca

4. Se você tem empregados, tenha o número certo, na hora certa. Eficácia do trabalho não depende do número de funcionários, mas com a equipe no lugar certo e na hora certa

5. Encontre formas de baixo investimento para divulgar o seu negócio. Os Guias locais online são uma ótima ferramente para divulgar sua marca e aparecer em plataformas onde os clientes procuram informação

6. Analise o que a concorrência está fazendo, táticas, preços. Se os concorrentes tem sucesso, tente aprender deles

7. E lógico, vai, dê um pulo!  Não espere que os clientes venham a você,. Você tem que ir encontrar seus clientes, trazer novos recursos, promoções, motivação.